Todo mundo sabe SEO: questione

Assistindo uma apresentação do Páris Neto, ele fez uma analogia muito interessante entre web analytics e sexo. Em ambos, muita gente diz que já está fazendo, que faz bem e que entende muito do assunto, mas na verdade o povo só fala que faz. Fazer direito mesmo, poucos.

O Marcelo Sant’Iago twittou a mesma coisa, agora associando a SEO. Eu já vinha pensando nisto, principalmente com a explosão de empresas que prestam serviço SEO no Brasil. Claro que SEO não é ciência para foguetes (tá, algumas vezes é), mas não é por que você colocou o título da página entupido de palavras é que você sabe SEO.

Só para deixar mais claro, existe o que podemos chamar de SEO básico. Ele ficaria naquela parte de “crie títulos e meta tags descritivos” e “cadastre em diretórios”. Típico artigo reescrito e traduzido em diferentes formas. Vale lembrar que isto já garante resultado em mercados pouco competitivos, mas mesmo no SEO básico tem gente que faz as coisas sem nem entender o que está fazendo. A pessoa leu um artigo com algo que funcionava antes do Florida Update e continua fazendo até hoje. Simplesmente por que foi escrito e não por que foi testado.

A proposta que faço aos leitores é questionar a informação. Inclusive a que eu passo aqui no site. Se eu digo que sites em vermelho são melhores para SEO, questione o porquê. O pensamento crítico é importante para quebrar paradigmas e destruir mitos. Continuo pregando que SEO é associar as boas práticas ao seu site e facilitar a vida do seu público. Se você leu em uma revista ou livro que colocar uma imagem transparente de 1 pixel por um 1 pixel usando o atributo alt cheio de palavras-chave é o que há de melhor em SEO, pare um minuto e questione isto. Com esta atitude você pode evitar uma bela punição.

Pretendo desdobrar este assunto em outros posts. Para ter uma idéia o questionamento é apenas uma das facetas.

21 Comentários »

  1. Guilherme Gomide

    August 29, 2008 @ 3:33 pm

    Excelente post. Está na hora de deixar claro que saber o “feijão com arroz”, ou seja, a parte básica de elementos on page, não é mais do que a obrigação de quem trabalha com internet hoje.

    Agora, entender de SEO, saber enxergar o todo, montar uma estratégia duradoura de SEO, é outra história.

  2. Paulo Rodrigo Teixeira

    August 29, 2008 @ 4:25 pm

    Oi Guilherme,

    O meu próximo post já é sobre um pouco do que você escreveu. A importância de usar SEO no mix. Não adianta fazer SEO por fazer. Tem que alinhar a estratégia da empresa.

    Abração,

  3. Fábio Ricotta

    August 29, 2008 @ 7:21 pm

    E aí Paulo!

    Hoje em dia eu vejo mais claramente o que você colocou. Não basta apenas ler e falar que funciona, jogar umas keywords no título, linkar de uns diretórios e falar que já está feito o SEO do site. Não existe uma receita mágica de bolo.

    SEO é muito mais que isso… SEO é uma ciência que DEVE ser alinhada com uma ESTRATEGIA para subir nos rankings.

    Muito bom post… quando vier o novo eu venho aqui a comentar!

    Um abraço!

  4. Fernando

    August 30, 2008 @ 4:18 am

    Hehe, isso sim é uma resposta completa ao que perguntei no post anterior…

    PS.: desta vez “sexo” escapou ou foi proposital? (Se não me engano, era nesta palavra que você tinha colocado um * no meio, posts atrás, não?) Conte-nos seus truques, rsss.

    Abraço.

  5. pigg.com.br

    August 30, 2008 @ 7:17 pm

    Todo mundo sabe SEO: questione…

    Assistindo uma apresentação do Páris Neto, ele fez uma analogia muito interessante entre web analytics e sexo. Em ambos, muita gente diz que já está fazendo, que faz bem e que entende muito do assunto, mas na verdade o povo só fala que faz. Fazer…

  6. Alex lima

    August 30, 2008 @ 10:11 pm

    Ainda esta longe a popularização do SEO, nem o básico “feijão com arroz” o pessoal sabe direito,
    o que rola na verdade, é que o básico já vem pronto nas plataformas , como o wordpres e outros sistemas.
    Estou escrevendo um post sobre quantos blogs profissionais no Brasil falam exclusivamente de SEO , e te digo que ainda não cheguei ao 25ª nas minhas buscas, Já sobre sexo imagino ter milhares

  7. José Telmo

    September 1, 2008 @ 2:16 pm

    Caro Paulo, realmente, há uma profusão de profissionais e empresas prometendo céus e terras e há também aquele profissional que, como você disse em seu texto, utiliza a técnica X do site Y sem saber o porque.

    Creio que uma forma de ter um crescimento do profissional de SEO é participar, comentar, discutir e experimentar, enfim, participar do networking que é uma excelente troca de idéias e uma ajuda de amigos que vem acalhar quando necessário.

    Ser profissional é prometer o que sabe, sem milagres para conquistar cliente e, sempre, participando para o crescimento do grupo e não apenas o individual.

  8. Vanessa

    September 1, 2008 @ 2:27 pm

    Paulo,

    Realmente é necessário refletir sobre o que se lê, mas o meu “guia intelectual e quase espiritual” é você… rsrrss!!
    Tenho visto pessoas boas de sites importantes se enganarem com o basicão do SEO.

    Desde que comecei a trabalhar com SEO, senti uma necessidade de acompanhar essa “mudança de cultura do cliente” bem de perto. Para mim não basta fazer alterações no site e passar algumas diretrizes (já fiz isso).
    Uma coisa que acabei transformando em rotina de trabalho (comecei fazendo isso no meu blog), é usar ferramentas como o Google Trends e Adwords para SEO. São recursos normalmente usados para fazer campanhas de Link Patrocinado mas ajudam na hora de escolher palavras-chave. Enquanto acompanho as estatísticas dos sites, procuro fazer um estudo de palavras-chave para orientá-los ao escolher temas de textos e até na própria redação. É sempre bom para descobrir oportunidades e alcançar novos territórios – já que no Brasil tem Macaxeira, aipim e mandioca.. rsrsrs!

    Agora, não me peça para desconfiar do que você diz, senão estou perdida!

    Abração,
    Vanessa Nunes

  9. Super Wallace

    September 4, 2008 @ 6:59 am

    Eu dobrei as visitas do meu blog quando adicionei algumas palavas, que são relevantes ao conteúdo, no título e insisti que elas aparecessem mais no texto. A relevancia no meu blog em vista dos buscadores subiu muito…

  10. Patrícia

    September 5, 2008 @ 3:49 pm

    É Vanessa, concordo com você! Esse Paulo é bom no que faz … e humilde também. Estou sempre aprendendo por aqui.

    Paulo, um abraço, adorei o livro.

    Patrícia

  11. brazz

    October 3, 2008 @ 12:24 pm

    Eu iria ainda mais adiante e perguntaria:
    Se o auto-denominado SEO é tão bom, por que em vez de trabalhar para os outros ele não trabalha para si mesmo?
    Por que os SEOs não colocam seus próprios sites na primeira página para, por exemplo, “iPhone”, “TV de plasma”, “hotéis em Salvador”? O tráfego resultante desses rankings rende mais dinheiro (via anunciantes, Adsense, afiliados) e dá mais liberdade e poder ao SEO (que pode mudar o direcionamento do tráfego conforme suas conveniências – o que é muito melhor que ficar discutindo com clientes insatisfeitos).
    O problema é que atingir o topo para essas palavras exige conhecimentos, consome esforços, leva tempo.
    É mais fácil fazer uma página subir para “bombas hidráulicas em Botucatu”, auto-divulgar-se como SEO e procurar clientes incautos.

  12. Fabiano de Mattos

    October 9, 2008 @ 5:57 pm

    Realmente esta é uma questão em evidência.
    SEO virou “moda” no Brasil, e no decorrer deste ano surgiram milhares de sites oferecendo “formulas secretas” fundamentadas em lendas SEO, pacotes de infinitos links inúteis a preço de banana e outras “mandingas”. Assim uma legião de “entendidos” passaram a oferecer seus serviços na web nos mais diversos formatos causando um completo desentendimento nos valores, e muito pior, trazendo uma boa dose de má fama para aqueles que trabalham nesta área.
    Temos que considerar que uma estratégia de otimização é um processo contínuo tendo em vista que trata-se primordialmente da organização (classificação e rotulação) do conteúdo de um website. Por outro lado é indispensável levar em conta que SEO também procura “gerênciar” sua “popularidade” com o intuito de tornar seu conteúdo disponível ao público “certo” dento dos buscadores, este caminho só pode definido através de uma constante análise de mercado, tendências e hábitos na web, o que prova a continuidade da estratégia.
    Portanto não existem “pacote mágico SEO”. A otimização é um processo que deve ser planejado, aplicado e gerênciado de acordo com as peculiaridades de cada mercado e com objetivos bem definidos.
    No Brasil ainda é fácil posicionar certos tipos de sites devido a baixa concorrência na maioria dos termos em português, mas o mercado está crescendo e o conhecimento se difundindo. Acredito que breve a corrida vai começar… Aí veremos quem sabe SEO… “Só existem 10 Lugares…”

  13. Quem sabe SEO « Fabiano de Mattos - Consultoria SEO

    October 9, 2008 @ 6:15 pm

    […] Outubro 9, 2008 · Nenhum Comentário Comentário em post “quase homônimo” em MarketingdeBusca – “Todo mundo sabe SEO“ […]

  14. Fabiano de Mattos

    November 5, 2008 @ 2:52 pm

    Gostaria de aproveitar a oportunidade desta discussão para responder a pergunta de nosso amigo Brazz. Caro colega, o motivo de não trabalharmos nossos sites (ou blogs) para palavras com “TV de plasma” é simplesmente porque não vendemos este produto!! Oferecemos nossos trabalhos de Otimização de Conteúdo, insisto em utilizar a palavra “conteúdo” porque na verdade isso é o que o SEO deve por princípio fazer, a meta principal de SEO não é posicionar um site para qualquer palavra que gere tráfego não importando seu real interesse ou objetivo, nossa meta é executar a organização e rotulação do conteúdo com o intúito de torna-lo cada vez mais facimente acessivel para quem se interresa por ele. Não procuro clientes que desejam comprar um “IPod”, procuro clientes que desejam otimizar seus próprios conteúdos. Trazer visitantes para meu site que não procuram por meus serviços seria enganá-los, assim como enganar o mecanismo de buscas. Minha proposta de trabalho é outra. SEO por uma internet mais acessivel e organizada, eu faço a minha parte.

  15. Renato

    December 26, 2008 @ 8:32 pm

    Aé? os sites em vermelho são melhores para SEO??? mas porque???

    Questione??.. vc não faz parte da propaganda da pepsi né?? Porque o vermelho?

  16. Otimização para sistemas de busca – muito popular e pouco dominado | Suporteinfo - Informática ,Tecnologia e internet

    June 18, 2009 @ 6:14 pm

    […] Na atual geração em que vivemos a web 2.0, já com um pé na web 3.0, nunca se ouviu falar tanto em SEO (Otimização para mecanismo de busca), na blogosfera é um dos assuntos mais lidos e estudados, e são poucos os que escrevem sobre o assunto. Mas os poucos que falam sobre o assunto estão fazendo um bom serviço, hoje todo mundo que tem um blog conhece ou ouviu falar no SEO mesmo que feijão com arroz, o básico, realmente é muito popular. […]

  17. Julio

    March 29, 2010 @ 9:14 pm

    Como detalhes sobre os algoritmos de mecanismos de busca não são revelados, há duas formas de embasar estratégias SEO: a) através de informações de primeira mão de empresas de busca e b) através de testes analíticos. Há uma imensidade de opiniões não fundamentadas sobre o que se deve ou não se deve fazer em SEO. Para embasar nossas ações, sugiro acompanhar o “Webmaster Central Blog” do Google, recurso de primeira mão sobre técnicas e melhores práticas de SEO.

  18. Joaber Sales

    May 31, 2010 @ 5:14 pm

    Esse post, sem dúvida me clareou muito minha cabeça a respeito do assunto. Mas, não consegui sanar uma grande dúvida.

    Estou precisando elaborar uma proposta comercial para implementa SEO em um cliente, como trabalho da faculdade.

    Se alguem puder me ajudar, agradeço D+

    joaber@gmail.com

  19. Alvaro Elias

    June 27, 2010 @ 4:18 pm

    Olá a todos , já desenvolvo campanhas de seo á vários anos … e concordo com o que foi dito seo não é apenas ler ler ler …. penso que o testar e os resultados são como qualquer trabalho de engenharia uma das fases de desenvolvimento , tal como o planeamente ,análise e a implementação …o teste é outra das fases e muitas pessoas dizem que sabem e podem saber mas para realmente aprenderem deveram testar testar e isso lhes dará o conhecimento de algo … :)

    Continue com o bom trabalho ….

  20. Alvaro Elias

    June 29, 2010 @ 7:00 pm

    Olá a todos,

    Joaber aconcelho vc a pesquisar na internet o google é teu amigo não existe uma resposta exacta para a sua pergunta … se fala inglês experimenta pesquisar por “seo cllient prposal”

  21. Ganhar dinheiro na internet

    June 4, 2013 @ 11:30 am

    Concordo contigo!

    Acho que é importante mesmo contestar informações!

    E outra , tem muita empresa malandra por ae.

    Diz que vai fazer SEO mas na verdade vai fazer SEM.

    Tem que ter cuidado!

    Abraços!

TrackBack URI

Comente