Arquivado em Yahoo Search

Resultados no estilo Yahoo!

Logo depois do Google, veio o Yahoo! (desculpem o trocadilho). Agora é o presidente do Yahoo! Brasil, Guilherme Ribenboim, que apresenta a sua palestra. Na verdade, o formato foi mais de bate-papo, em que a Sandra Carvalho falava algumas perguntas que eram respondidade pelo Guilherme.

Ela afirmou que antigamente, O Yahoo! era líder em links patrocinados no país, principalmente com pequenas e médias empresas. O Guilherme contou três cases. Um era um pequeno empreendedor, um motorista de Van, que depois de usar links patrocinados, passou a ter uma frota de Vans.

O outro case foi sobre uma confecção de produtos femininos que depois de usar links patrocinados, descobriu que podia alcançar produtos como uniformes e chegou a alterar o foco da empresa para aproveitar este mercado. O assunto emendou se custo de links patrocinados é realmente barato e o Guilherme falou que no Brasil ainda esta barato.

Citou também o case de um grande anunciante da Pepsi em que eles fizeram uma campanha com jogadores de futebol na praia. Eles se preocuparam em comprar as palavras-chave dos nomes dos jogadores. Assim eles aproveitaram o fluxo de buscas devido à campanha para aproveitar estas buscas e converterem para visitas ao site.

Foi perguntado sobre a principal causa de desistência de links patrocinados. A principal é ter sites ruins e exemplificou o uso de Flash, o qual ele não recomenda. Outro motivo é a escolha de palavras-chave amplas e genéricas como Van que podem não gerar um retorno tão grande. Lembrou da importância do Web Analytics, já que medir é tudo. Segundo ele, apenas 30% ou 40% dos grandes anunciantes estão usando links patrocinados.

Falou também sobre um produto novo de unificação de perfis do usuário Yahoo! A ferramenta é como um OpenId em que o usuário vai ter um perfil que terá amigos. Ele exemplificou que nesta plataforma, quem tiver um e-mail enviado por amigos, este e-mail ganhará destaque. Falou de possibilidades como behaviour target para aproveitar em campanhas.

Falou que a equipe de customer service ajuda os usuários a escolher algumas palavras-chave e chega a bloquear algumas palavras, porém com o intuito de ajudar a encontrar palavras que dão mais retorno.

Disse que o uso de gerenciamento de links patrocinados com agência depende da empresa. Se links patrocinados forem core business de uma empresa, é melhor ter uma equipe interna para isto. Do contrário é melhor ter uma agência. O Yahoo! é defensor do SEO. Ele fala que é importante para os sites terem um bom trabalho que ajuda a melhorar a conversão. Falou também da importância dos vídeos virais. Foi perguntado sobre o uso de links patrocinados do Google sobre Yahoo! Ele informou sobre a importância de entender o contexto disso, devido à proposta não solicitada da Microsoft.

O Yahoo agora com o Panamá também leva em conta o fator qualidade, assim como o Quality Score do Google, além do custo do clique. Falou também que a cauda longa é importante para as empresas. O importante é saber construir processos para atingir estes nichos. Reforçou que o Flash não é bom para o marketing de busca e que ele serve mais para recursos multimídia.

Perguntado sobre como é possível aparecer em links patrocinados nos resultados no topo da busca orgânica ao invés de aparecer nos resultados a direita respondeu que os fatores são o clickthrough e preço alto do lance pela palavra-chave.

Comentários (5)

Google hostiliza oferta da Microsoft ao Yahoo!

Já tinha falado que não escrevo sobre o que todos estão falando como a recente oferta da Microsoft ao Yahoo!, já que o UnderGoogle já cuida, e muito bem, de noticiar estas coisas, porém este post do Google resume bem o que penso sobre o assunto e cria uma situação muito delicada ao comparar a transação as práticas monopolistas que a Microsoft já fez com navegadores e comunicadores instantâneos.

Amigos, não consigo ver nenhuma melhora para o mercado de busca com esta transação, ao contrário, vejo que o Yahoo! seria sucateado desmerecidamente. Ela é uma grande empresa tanto lá fora como no Brasil e passa por um momento delicado por culpa do agitado mercado de ações, já que tem um modelo de negócio bem sólido e inclusive registrou lucro recentemente. O próprio Google sofreu uma queda razoável no preço de suas ações.

Torço para o Yahoo! sair logo desta fase e não deixe o dinheiro falar mais alto. Não tenho nada contra a Microsoft, mas concretizar este negócio só serviria para fazer ações valorizarem. A web não ganha com isto. Um detalhe é que não acho que o post do Google seja totalmente “internet don’t be evil”. Não estou do lado de ninguém, só afirmo que esta transação não vai trazer nada de novo ou melhor. Quem não concorda, por favor comente, pois talvez eu não esteja vendo algo.

Comentários (9)

Yahoo Top Trends de 2007

O Yahoo! divulgou também sua lista de palavras-chave mais buscadas em 2007. Como no ano passado, eles também mostraram categorias como tecnologia em que o iphone ficou em sexto e o YouTube em primeiro, celebridades, em que a careca did it again,  a categoria green, com termos sobre mudanças climáticas, e uma categoria especial que foi o del.icio.us. Nela figuram termos mais nerds como web 2.0, Ubuntu, games e HDTV. Arrisco que na próxima relação do Google Brasil de dezembro deve aparecer a TV digital. Quem sabe?

Comente

Quanto tempo o Google demora para indexar

Esta é uma experiência para medir o tempo que o Google demora para indexar uma página. Depois de indexado, as informações serão postadas e compartilhado com todos. 

Este é um post de teste para medir quanto tempo o Google vai demorar para indexar e exibir este post em sua página de resultados (SERP). O Google indexa com bastante rapidez, mas dizem que o Yahoo! é mais rápido do que ele. Esse é o objetivo do teste: analisar os detalhes que envolvem a indexação e disponibilizar para todos o resultado. Se quiser participar, fique à vontade. Vou testar também o tempo de indexação no Yahoo! e MSN. Depois de coletados os resultados atualizo o post.

  • Momento que o post foi ao ar: 15h32
  • Tempo para aparecer no Google Blog: 15h35
  • Tempo para aparecer no Google: home* – 16h17, post –  21h37**
  • Tempo para aparecer no Yahoo!: dia 2, 11h25
  • Tempo para aparecer no Live: …

Observações gerais:
* Apesar do Google indexar o conteúdo da home rapidamente, o recurso cache ainda não exibia o conteúdo novo. Provalmente ele é atualizado por um sistema diferente. Às 16h59, ele pulou do 10º resultado para a segunda posição.

** Este é a data do cache do Google, mas ele não exibiu a página neste horário, apenas no dia 2.

Ao procurar pelo título do post, o Google sugere: “Você quis dizer: Quanto tempo o Google demora para anexar” e o Live em inglês sugere: “Were you looking for Quanto tempo o Google demora para indexer ?”

Comentários (114)

primeiro de abril SEO

Agora todos já sabem que o Matt pregou uma peça, vamos ver outras brincadeiras do dia da mentira de 2007. Antes, vale a dica que o Matt fez. Como ele queria apenas que temporariamente sua home fosse diferente, ele usou um redirect 302. O esquema é parecido com o redirect 301, com a diferença que o segundo é temporário.

Agora vamos as brincadeiras via SEL.

A primeira é a CuttsCon, conferência que o Matt Cutts vai apresentar organizada pelos seus fãs. Outra é da Microsoft com o lançamento do Third World, que seria um Second Life real. Ele usaria o Virtual Earth para construir um ambiente idêntico ao real e que seria integrado a varias redes de relacionamento. A mudança na home do SER para parecer invadida. Não foi tão drástico como o Matt.

O último é o Yahoo! Underground que as pessoas não sabem se é real ou não. Legal são os termos usados. WTF?

Comentários (1)

Yahoo! Cadê? investe em novidades

banner-yahoo.gifO Yahoo! Cadê? mudou de cara. Descobri isto por alguns banners que estão veiculando uma campanha sobre o que você ganha usando a Busca do Yahoo!. O banner direciona para o hotsite www.oqueeuganhocomisso.com.br que mostra as novidades como a sugestão de pesquisa em AJAX e um box de personalização com os itens como Yahoo! Respostas, dica do dia e top 10 da semana.

Para quem não sabe, o Cadê? é a única marca diferente no mundo do Yahoo! para buscas. Que bom que o Yahoo! está preocupado com soluções de busca para o país. Este parece ser o primeiro de alguns investimentos previstos para o pais este ano. Conheço pessoas que tem na cabeça URL do Cadê para buscar informações. Para elas ter um auto completar pode ser uma boa.

A busca do Yahoo continua igual. O que é mudou foi a home do Cadê. A cara do Cadê já era diferenciada, mas agora ela está bem mais bonita. Compare a versão atual com a versão antiga e veja o que acha:

cade-velho.gif cade-novo.gif

Comentários (3)

próxima página