Splog – fazer spam em blogs para SEO

Os splogs tem por função basicamente servir de novos links para um site principal ajudando o SEO dele. São como link farms. Outra função dos splogs é de indexar conteúdos de terceiros em seu site para gerar mais posts indexados e consequentemente, mais links. Outra forma de gerar conteúdo em splogs é de gerar várias frases, mesmo que sem sentido entre si, conseguindo visitas de long tail keyword para estes termos. Neste caso, são criados resultados irrelevantes e que não atendem a necessidade de quem procura. Por isto mesmo, ferramentas de busca como o Google não gostam dos splogs e tem feito diversas mudanças em seus algoritmos para retirá-los de seus resultados. Um outro uso dos splogs é para monetizar adSense. Páginas são criadas somente com o intuito de gerar cliques em anuncios, porém tem o conteúdo pobre. O Google também não gosta disso. Por isto pode ser considerada uma técnica de Black Hat SEO. Esta matéria da Wired mostra o impacto dos splogs.

Para executar splogs são utilizadas plataformas como Blogger, Blogspot e WordPress.com para criar diversos blogs. Normalmente são utilizados softwares para automatizar a criação deste blogs, mas já vi muitos splogs criados manualmente. Já existem algoritmos que diminuem a força dos splogs, mas eles ainda estão presentes nos resultados. Uma solução para diminuir a incidência, é preencher o formulário de denúncia de spam. Apesar de não ter um item chamado splog para caracterizar a denúncia, preencha mesmo assim, pois o Google leva a sério este tipo de problema.

7 Comentários »

  1. Ramon Samudio

    May 30, 2011 @ 8:25 pm

    Existem vários sites que estão usando estes sistemas, isto é uma perca de tempo e dinheiro.

  2. Rodrigo

    August 30, 2011 @ 3:08 am

    Divulgação de produtos em classificados grátis poderia ser caracterizado também como link farms, vez que são publicados inúmeros posts?

  3. Joga Jogo Online

    October 24, 2011 @ 3:15 pm

    Realmente perfeito comentarios concordo com o rodrigo

  4. Beetoo

    January 31, 2012 @ 2:09 am

    nao sabia disso rsrs =) interessante.

  5. anita

    July 5, 2012 @ 11:52 am

    Olá Paulo, estou estudando otimização de site, visito sempre seu ótimo site e tenho uma dúvida:

    Tenho notado empresas que estão criando vários domínios do seu segmento, onde produzem textos únicos para cada um e fazem links para o site principal que querem subir no google e tenho notado que dá resultado, mas isso é correto ou o google pode penalizar esses sites por ser a própria empresa que está gerando esses links relevantes ?

    Exemplo: Sanelife e Sampex (ambos desentupidoras)

    Olha no registro.br, eles criaram vários domínios do segmento deles e geraram links para os sites principais:
    https://registro.br/cgi-bin/whois/?qr=280.933.748-92&#lresp

    Agora digita na pesquisa do google “Desentupidora”, os 2 sites estão na 1 página do google,

    Esse é somente 1 exemplo, já ví alguns e todos estão subindo fazendo isso, agora isso é correto ? essa é minha dúvida.

    Anita

  6. renda extra

    May 30, 2013 @ 1:12 pm

    ótimo post!

    Esses splogs estão presentes veementemente em blogs na plataforma blogger mesmo.

    Abraços!

  7. Nayara

    June 4, 2013 @ 8:49 pm

    A Anita aí em cima fez um comentário bem interessante, acredito que essa técnica não é considerada como ‘splog’, mas é um fato curioso isso… Eu acho que não é errado, mas em minha opinião isso é algo como uma “trapaça”.

    Bem, quem cria um site tipo ‘splog’ é realmente uma pessoa que não quer outra coisa se não ganhar dinheiro com o Adsense… Não consegue visar a criação de conteúdo de qualidade pelo próprio esforço e logo usa esses softwares para esse fim…

    Essas pessoas só visam atrair paraquedistas que usam long tail, e determinadas keywords e que pensam que vão cair no site de boas informações… Quando percebem, estão vendo postagens de um robô mal feito rs.

TrackBack URI

Comente