SEO e Flash – dicas para tornar o site visível

O uso de Flash em sites é uma realidade e seu uso é muito importante em projetos web. A maior parte dos banners hoje em dia, o player do YouTube e muitos aplicativos web utilizam a tecnologia do Adobe Flash (para mim é estranho não usar Macromedia). Apesar de todas estas vantagens, você precisa saber que ele não combina bem com o Google. O principal motivo é que o Googlebot, robô que indexa as páginas do Google, não consegue capturar perfeitamente o conteúdo do Flash tal como o conteúdo de uma página em HTML. Na estratégia SEO, muitos profissionais não recomendam o uso do Flash. Eu já penso que ele precisa ser usado no lugar certo e na medida certa. Depois de ver um artigo do Google Webmaster, resolvi então escrever sobre o que pode ser feito para o Flash ser indexado corretamente.

O primeiro passo é saber quais partes do site usarão Flash. Algumas vezes, os webdesigners optam por criar sites inteiros em Flash. Neste caso você tem duas opções. A primeira é criar uma versão alternativa do site em HTML. Na página incial que carrega o Flash, basta colocar o link para a versão HTML e otimizá-la normalmente. Eu não constumo recomendar splash screen, que é aquela famosa janela que tem um botão para entrar no site como se você não tivesse entrado nele ainda, porém no caso do Flash, pode ser aberta uma excepção. Recomendo também deixar a página que carrega o swf excluída do robôs usando o robots.txt ou uma meta de exclusão, afinal, isto pode ser considerado conteúdo duplicado. Já no caso do site inteiro ser um aplicativo ou um projeto visual, não há razão para criar uma versão em HTML. O que você deve fazer é aplicar SEO no HTML que chama o Flash. Por exemplo, escreva títulos de página descritivos e inclua uma meta description. É importante lembrar que para SEO, conteúdo é rei, então na hora de escolher como exibir conteúdo, prefira HTML.

Se o site não usa Flash em tudo, ele será indexado normalmente sem problemas com excessão do conteúdo do Flash. Se mesmo assim você quer que esta parte em Flash seja “lida” por robôs de busca, você pode usar técnicas que exibem conteúdo no lugar do Flash. São as técnicas que permitem que quem não tem Flash ou para que um robô de busca consiga enxergar uma versão alternativa em HTML. A técnica recomendada é a sIFR. Ela usa javascript e é relativamente simples de implementar. Com isto os robôs vão poder entender melhor as suas páginas.

O Flash é muito poderoso, porém ele tem o seu papel. Me desculpem os defensores fervorosos do Flash, mas tal como é possível montar um site inteiro com conteúdo em javascript ou em AJAX, o uso deles deve ser feito com bom senso. Pense que seu visitante pode querer gravar no favoritos uma página interna do site e não conseguir isto pode frustá-lo. Pense sempre no seu visitante e no objetivo do seu site. SEO é pensar mais no usuário do que nos sites de busca.

26 Comentários »

  1. Wendell Raphael

    July 19, 2007 @ 9:22 pm

    Excelente artigo! Taí uma coisa que eu não havia pensado, mas tem base lógica. Certamente ajudará muito webmaster que tinha site em Flash e pensava “Por quê o Google não mostra meu site?”, rsrs.

  2. Paulo Rodrigo Teixeira

    July 19, 2007 @ 9:37 pm

    Valeu Wendel!

    Muita gente pergunta sobre como fazer SEO para sites em Flash. Aproveitei o momento e escrevi logo um post. Agora é só mandar o link por e-mail. =)

    Grande abraço

  3. João Carlos Caribé

    July 20, 2007 @ 11:54 pm

    Muito interessante Rodrigo, de fato a indexação do Flash pelos motores de busca sempre foi um problema. Como um dos principais “culpados” pela disseminação do Flash no Brasil, não poderia deixar de comentar este seu excelente post.

    Antigamente (98/99) este detalhe era irrelevante, a maioria dos sites de busca eram preenchidos por envio de cadastro, e poucos usavam robot de busca, se não me engano somente o Altavista os usava (me corrija se estiver enganado). Tinhamos ainda uma web com uma “baixa densidade populacional” e o Flash era uma mania. Quem vibrou com Gabocorp, Matinee, Eye4U dentre outros sabe do que estou falando. A propria popularidade do Flash foi quem criou esta imagem antagonica, afinal todo mundo queria criar seu site “pirotécnico”.

    Teve uma época que a Macromedia lancou uma ferramenta chamada AfterShock que publicava o html que suportaria o Flash, e ela tinha uma opção de criar uma META TAG com todo o texto do Flash, mas em geral ficava uma bagunça. O uso de Meta sempre foi um bom paliativo.

    Existe um outro problema decorrente as boas praticas de uso do Flash, que recomenda que o arquivo seja fracionado, de modo que o Flash que vai ficar, digamos, em contato com o HTML/XHTML terá somente um loading e um punhado de scripts e o site inteiro sera montado a partir de pedaços (outros SWFs) em camadas ou carregados dentro de Movie Clips e algum dado dinâmico oriundo de um middleware ou de um arquivo estático como um XML por exemplo. Por conta disto o browser não enxerga os arquivos que são carregados pelo Flash, e os robots também não (acho que o Google ja enxerga), dai mesmo que indexe o Flash não teremos muita informação.

    O sFir me parece uma interessante, mas pelo que entendi ele substitui apenas alguns elementos da página por Flash, e não resolve o problema.

    Tive uma ideia que nunca implementei, e alias nunca falei nada publicamente sobre ela, então a informação aqui é inedita 🙂

    O Flash hoje em dia consegue ler e trabalhar bem com HTML, XHTML, no caso do XHTML ele consegue entende-lo como um XML (que de fato ele é) e com isto é possivel facilmente “parsea-lo”. Pode-se interpretar TAGs do XHTML e dinâmicamente formatar o conteudo e ate mesmo aplicar CSS. Mas pode-se produzir um classico site em Flash desta forma. Se este XHTML for o index do site e tiver um “sniffer” ele pode apresentar o XHTML para os browsers não populares, e incluindo ai os robots de busca, celulares, screen readers e para os mais populares (que suportem o Flash) como o Firefox, Safari, Opera, IE dentre outros. Este Flash carregaria e se montaria a partir do XHTML que poderia ser dinâmico. Deve funcionar, se alguem implementar a ideia, comente aqui para a gente saber.

    Um grande abraço.

  4. Paulo Rodrigo Teixeira

    July 21, 2007 @ 8:46 pm

    Que aula de Flash hein João? Obrigado pela idéia.

    Eu já pensei em algo parecido com isto (talvez seja o mesmo e eu não tenha entendido) =).

    Seria um pouco da solução da primeira parte do post. A versão alternativa serviria tanto para os robôs de busca lerem como “alimentaria” o Flash. Todas as strings seriam xmls lidos tanto pelo html como o Flash. Seria bom?

    Valeu pelo comentário! Se alguém tiver mais idéias, comente também.

    Grande abraço,

  5. João Carlos Caribé

    July 22, 2007 @ 1:00 am

    A ideia é esta mesmo rodrigo, navegadores não convencionais acessariam a versao XHTML que poderia ter css layout e o Flash faria um parsing deste mesmo XHTML uma vez que ele enxerga o XHTML como XML (que alias é) e voce por ActionScript consgeue navegar nas tags criando conteudo on the fly sem necessidade de mais nada. Gostaria de ver isto implementado.

  6. Caio Proiete

    July 24, 2007 @ 6:12 pm

    Ótimo artigo João. Parabéns!

    Quanto ao funcionamento do sIFR, fiquei em dúvida: Ele é apenas um script que troca o flash por dados em tempo de execução, ou ele é um script já com dados incorporados.

    Onde quero chegar com isso é que se ele for apenas um script que faz a troca em tempo de execução, não irá funcionar com os robôs, já que estes não executam scripts… E se for assim, o sFIR só é mesmo útil para navegadores sem suporte ao Flash.

    Abraços,
    Caio Proiete

  7. Marcelo Sant'Iago

    July 26, 2007 @ 11:52 am

    Leiam isso:
    http://www.searchenginejournal.com/seo-for-alternative-media-flash-video-etc/5383/

  8. João Carlos Caribé

    July 29, 2007 @ 12:43 am

    Interessante este link que você indicou Marcelo, acabei seguindo-o e achei este: http://www.jehochman.com/articles/seo-friendly-flash.shtml

  9. Jefferson Felix

    August 31, 2007 @ 5:07 pm

    Não entendo muito das tecnicas de flash e html. Na verdade pedi para meu webmaster criar um site em flash com o intuito de quando ficasse pronto, fosse divulgado nos mecanismos de busca e, entrando em contato com algumas empresas de posicionamento em sites de busca, percebi que não foi uma boa idéia desenvolver um site em flash. Mas achei muito interessante este assunto aqui publicado e mesmo sem entender do assunto percebi que existe saída para o meu problema do site em flash correto?
    Inclusive gostaria de saber se você presta algum serviço de posicionamento de sites nos mecanismos de busca?

    Abraços
    Jefferson Felix

  10. AprendizBrasil

    September 8, 2007 @ 4:35 am

    Puts, fiz todo um site em flash , só tem uma página html. Coloquei no ar em 3 de setembro, e a posição dele no google para determinada palavra chave está em décimo lugar. Parece estar bom , mas os acessos não estão tantos como o do site de teste, em que tinha varias paginas htmls para cada sessão, e nestas paginas ficavam os filmes em flash.
    Pena que não descobri seu site antes, pra me informar melhor.
    Gostaria de deixar esse site que fiz o mais “indexado” e acessivel possivel, pois deu trabalho de fazer.

    Fiquei em duvida com uma recomendação sua:

    “Recomendo também deixar a página que carrega o swf excluída do robôs usando o robots.txt ou uma meta de exclusão, afinal, isto pode ser considerado conteúdo duplicado.”

    Como assim? Poderia explicar melhor?

    Aguardo ansiosamente sua resposta

    []s Aprendiz.

  11. AprendizBrasil

    September 8, 2007 @ 5:16 pm

    onde está meu post? por que não deixou ai e nem respondeu minha duvida?

  12. Leandro Feijó

    March 13, 2008 @ 4:01 pm

    Ja que estamos falando de dificuldades do crawler em ler algumas paginas, gostaria de saber o que aconteceria caso houvesse um codigo deste tipo numa pagina:

    href=”ajax.htm?foo=32” onClick=”navigate(‘anotherAjax.html#foo=40’); return false”>foo 32

    Testei algumas ferramentas de SEO e algumas delas retornam os links que estao em javascript e outras simplesmente os ignoram…

    Ex:
    href=”javascript:;” onClick=”MM_openBrWindow(‘lab.jsp’,”,’width=500,height=375,left=20,top=20′)”

    Alguem sabe como os robos tratam esses casos?

  13. Web Designer Demétrios Martins

    March 21, 2008 @ 5:47 pm

    Excelente matéria, sempre indico esta página para meus amigos e cliente entenderem mais sobre buscares x flash, com esta página fica fácil converse-los do que é melhor para tal página/projeto.

  14. Filipe Abreu

    September 15, 2008 @ 9:13 pm

    Muito bom o artigo.

    Estou procurando alternativas de SEO com o Flash. Estou produzindo um site em Flash integrado com banco de dados com PHP. Estarei também usando feeds RSS por XML, o que pode me ajudar na SEO.

    Um único porém que coloco aqui no seu post: AJAX faz muita coisa animada, está certo, mas é bastante limitado, para quem está fazendo coisa bem avançada no Flash. Fazer um movimento simples ou um fade-in/out em AJAX é bem fácil. Mas a coisa começa a ficar complicada quando você quer fazer uma integração com vídeo, som e 3D, ou então criar ambientes interativos. O Flash revolucionou a Internet, mas ainda tem gente usando ele para fazer ‘HTML animado’. Para isso tem as librarys de JS como o jQuery e o Mootools. Flash é muito mais que um menu drop-down animado, Flash é a integração total da multimídia para web. Anda não vi outra tecnologia web que se assemelhe ao Flash, e eu uso muito ele para o meu trabalho. Mas nem sempre. Existem situações em que o Flash é indicado, mas na maioria das vezes não. E na maioria das vezes em que se faz necessário desenvolver um site inteiro em Flash, SEO não é relevante. Na maioria das vezes. Pela primeira vez em 5 anos (toda a minha carreira de web designer) Flash + SEO veio a se tornar necessário.

    Valeu pelas dicas!

  15. E-book SEO para principiantes do Google | Marketing de Busca

    November 13, 2008 @ 9:02 am

    […] e texto âncora. Para quem nunca ouviu falar de SEO é uma mão na roda. Pena que assuntos como SEO e Flash, que foi o assunto mais perguntado no Search Masters, não foram […]

  16. Fabiano Santos de Oliveira

    November 27, 2008 @ 2:21 pm

    Olá, as dicas acima são sempre muito úteis. Realmente indexar sites em flash é um grande desafio.
    Há 2 anos, venho inserindo técnicas de SEO no site da Morena Rosa, e consegui grandes resultados.
    Apesar do google não ler direito os arquivos swf, existem outras técnicas: links de indicação, número de visitas, otimização no title e meta tags do arquivo HTMl..entre outras.. Obtive grandes resultados, estando bem colocado com o site em palavras chaves importantes.

    A questão dos favoritos para sessões específicas do flash, já são resolvidas hoje, com esse biblioteca: http://www.asual.com/swfaddress/

    Consigo acompanhar cada campanha de publicidade e e-mail marketing, assim como várias outras métricas, com o Google Analitys.

    Enfim, por causa de nosso produto (Moda) sempre necessito de Flash, e com certeza, de boas colocações nos buscadores.

    []´s
    Até

  17. Alisson

    November 27, 2008 @ 2:39 pm

    discordo totalmente, uma matéria publicada no começo desse ano na revista WEB DESIGN cuja na capa foca sobre a produção de site inteiros em flash, a revista bem conceituada diz que SIM, é possivel e vale a pena, com o mercado cada vez mais exigente, com várias novas técnicas o HTML fica muito para trás, sem interação com o publico leitor do site, muito estático, o FLASH hoje é a melhor opção para quem deseja um site clean, leve, interativo e que funciona, a tendência é 100% flash com PHP e ASP, estudo webdesign, formado em flash básico , avançado e actionscript, publicitário. recomendo flash 😀

    Alisson.
    Flash Designer

  18. Flavio Reis se Souza

    May 11, 2009 @ 12:09 pm

    Tenho visto muitos dites em Flash que utilizam texto oculto com CSS para se beneficiar no google, isso é lícito? Nâo é considerada uma técnica fraudulenta?
    Ou estou perdendo tempo em não utilizae esse recurso?

  19. thiago lopes

    November 14, 2009 @ 10:18 am

    informações sobre indexação de sites em flash.

  20. aloncio

    August 4, 2010 @ 12:24 pm

    ola , e no meu caso como faço pra exibir meu site no google, pois site foi criado em flash, mas o mesmo encontra se dentro de pagina html. para facilitar a manutenção resolvi dividi cateroricamente o flash em partes e coloquei em paginas html para não ficar muito pesado, cada parte em uma pagina html,para que ficasse mas leve para que o usuario com conexão lenta podesse abri-lo, me dê uma dica como faço em cada pagina html para que o google a localize vendo todo conteudo sem prescisar ler o site em flash, e se tem como criar meta TAG com todo conteudo que tem dentro do meu site em flash?

  21. Flash + SEO. Funciona? » CONSELHO GRÁTIS

    August 31, 2010 @ 11:13 am

    […] aconselho ler o artigo na integra e seguir as recomendações ao pé da letra.     Artigo: http://www.marketingdebusca.com.br/seo-e-flash-dicas-para-tornar-o-site-visivel/     […]

  22. WESLEYBR

    October 17, 2010 @ 12:24 pm

    Bom pessoal to com problema foda aqui e presciso de ajuda sou novo em webmaster e me encontro com um ps grande quero ver um um menu que criei em flash menu labs ele veio arquivos em .swf xml
    criei uma pagina em html
    e coloquei a cnfiguração:

    mais nao vai ou video nao aparece ou fika
    Erro#2035
    sei que deve ser esses arquivos em xml mais nao sei configura presciso de help pessoal!

  23. Cristiano

    November 26, 2010 @ 6:01 pm

    Excelente post, mais na real no final das contas o google vai ter que se acostumar com o Flash, porque o mesmo e mais bonito e interativo chama bem mais a atenção.

  24. Jediael Job

    April 9, 2011 @ 1:48 pm

    Eh.. sites em flash são muito interessantes. O único problema é pra fazer a otimização dele.
    Por isso prefiro trabalhar com html, php etc… qualquer coisa, menos flash.

    =D

    abraços

  25. Jediael Job

    April 21, 2011 @ 11:33 am

    Já tinha ouvido dizer que sites em flash não eram (ou tinha dificuldade) indexados pelo Google, mas com esse post da pra perceber que não bem assim. Dá pra unir as duas coisas.

    Legal..!

    =D

    Abraços

  26. Celio

    June 14, 2011 @ 9:41 pm

    Bom pessoal to com problema foda aqui e presciso de ajuda sou novo em webmaster e me encontro com um ps grande quero ver um um menu que criei em flash menu labs ele veio arquivos em .swf xml
    criei uma pagina em html
    e coloquei a cnfiguração: ele funciona bem no ie mais no firefox ele da o erro a baixo
    ele não carrega o swf todo o caminho para o .swf está correto.
    Erro#2035
    sei que deve ser esses arquivos em xml mais nao sei configura presciso de help pessoal!

TrackBack URI

Comente