Resultados no estilo Yahoo!

Logo depois do Google, veio o Yahoo! (desculpem o trocadilho). Agora é o presidente do Yahoo! Brasil, Guilherme Ribenboim, que apresenta a sua palestra. Na verdade, o formato foi mais de bate-papo, em que a Sandra Carvalho falava algumas perguntas que eram respondidade pelo Guilherme.

Ela afirmou que antigamente, O Yahoo! era líder em links patrocinados no país, principalmente com pequenas e médias empresas. O Guilherme contou três cases. Um era um pequeno empreendedor, um motorista de Van, que depois de usar links patrocinados, passou a ter uma frota de Vans.

O outro case foi sobre uma confecção de produtos femininos que depois de usar links patrocinados, descobriu que podia alcançar produtos como uniformes e chegou a alterar o foco da empresa para aproveitar este mercado. O assunto emendou se custo de links patrocinados é realmente barato e o Guilherme falou que no Brasil ainda esta barato.

Citou também o case de um grande anunciante da Pepsi em que eles fizeram uma campanha com jogadores de futebol na praia. Eles se preocuparam em comprar as palavras-chave dos nomes dos jogadores. Assim eles aproveitaram o fluxo de buscas devido à campanha para aproveitar estas buscas e converterem para visitas ao site.

Foi perguntado sobre a principal causa de desistência de links patrocinados. A principal é ter sites ruins e exemplificou o uso de Flash, o qual ele não recomenda. Outro motivo é a escolha de palavras-chave amplas e genéricas como Van que podem não gerar um retorno tão grande. Lembrou da importância do Web Analytics, já que medir é tudo. Segundo ele, apenas 30% ou 40% dos grandes anunciantes estão usando links patrocinados.

Falou também sobre um produto novo de unificação de perfis do usuário Yahoo! A ferramenta é como um OpenId em que o usuário vai ter um perfil que terá amigos. Ele exemplificou que nesta plataforma, quem tiver um e-mail enviado por amigos, este e-mail ganhará destaque. Falou de possibilidades como behaviour target para aproveitar em campanhas.

Falou que a equipe de customer service ajuda os usuários a escolher algumas palavras-chave e chega a bloquear algumas palavras, porém com o intuito de ajudar a encontrar palavras que dão mais retorno.

Disse que o uso de gerenciamento de links patrocinados com agência depende da empresa. Se links patrocinados forem core business de uma empresa, é melhor ter uma equipe interna para isto. Do contrário é melhor ter uma agência. O Yahoo! é defensor do SEO. Ele fala que é importante para os sites terem um bom trabalho que ajuda a melhorar a conversão. Falou também da importância dos vídeos virais. Foi perguntado sobre o uso de links patrocinados do Google sobre Yahoo! Ele informou sobre a importância de entender o contexto disso, devido à proposta não solicitada da Microsoft.

O Yahoo agora com o Panamá também leva em conta o fator qualidade, assim como o Quality Score do Google, além do custo do clique. Falou também que a cauda longa é importante para as empresas. O importante é saber construir processos para atingir estes nichos. Reforçou que o Flash não é bom para o marketing de busca e que ele serve mais para recursos multimídia.

Perguntado sobre como é possível aparecer em links patrocinados nos resultados no topo da busca orgânica ao invés de aparecer nos resultados a direita respondeu que os fatores são o clickthrough e preço alto do lance pela palavra-chave.

5 Comentários »

  1. Marcelo Sant Iago

    April 28, 2008 @ 11:11 pm

    Sobre o Yahoo terceirizar anúncios com o Google: não é a primiera vez que os dois trabalham juntos.
    As pessoas esquecem (ou não sabem) que em Outubro de 2002 o Yahoo renovou um acordo assinado em 2000 para exibir seus resultados de busca usando o algoritmo do…sim, Google!!
    Para refrescar a memória:
    http://searchenginewatch.com/showPage.html?page=2165081

  2. Marcia

    May 1, 2008 @ 6:21 pm

    Hoje notei uma alteração de pagerank em alguns sites. No meu caso aumentou.
    Será que houve realmente uma reclassificação?

  3. João

    July 21, 2008 @ 5:52 pm

    A briga entre os gigantes está ai e aquele que for mais for engole o outro

  4. Henrique

    March 15, 2010 @ 3:07 pm

    oia a briga ;D

  5. anjos

    June 5, 2010 @ 2:57 pm

    Essa briga nunca terá fim. Briga de peixe grande mesmo.

TrackBack URI

Comente