Como remover resultados negativos do Google

O gerenciamento de marca nos resultados do Google já é uma realidade no mercado americano e no Brasil tem sido utilizado por algumas empresas. Imagine a seguinte cena, um consumidor sofreu com a compra de um produto que apresentou defeito. Ele reclama com todo direito e aguarda a resposta da empresa. A empresa atende o cliente, superando até as expectativas e o cliente vira um advogado da marca. Surge uma história bonita de atendimento ao cliente com final feliz. Porém, aquela reclamação ou vídeo criado foi indexado pelo Google. E o que o cliente faz muitas vezes é olhar apenas o texto da SERP e ler que estão reclamando da empresa dele, não se dando o trabalho de aprofundar a leitura do artigo mostrando que a empresa resolveu o problema. Com isto a empresa sofre um impacto na sua imagem, afinal qual empresa não teve um produto que tenha apresentado defeito?

Claro que o caso acima é um mundo ideal, só que existem empresas que não são um primor em atendimento, mas mesmo assim surge a demanda de excluir estes resultados da busca. Não vou entrar no mérito, mas é de direito da empresa trabalhar sua marca. Quando falo de remover, entendam que é conteúdo a ser excluído é de terceiros e não da própria empresa. Tem um artigo do do Google que trata esta questão de exclusão de conteúdo interno. Além disto tem também um artigo do Pedro Dias que também trata conteúdo de terceiros e explica a posição neutra do Google.

Chegamos ao ponto de como remover os resultados da pesquisa. O trabalho muitas vezes não chega a realmente excluir os resultados negativos, mas mandá-los para a segunda página de resultados ou até mais para frente. Afinal todos sabem que os usuários na maior parte das vezes procura até a primeira página. Para isto uma boa estratégia é usar os resultados positivos para substituir o posicionamento dos negativos. Aumentando a relevância destas páginas a tendência é que elas passem a frente.

Uma alternativa interessante também é ver direto com o criador da crítica negativa se ele poderia retirar o conteúdo ou alterá-lo. Se o cliente realmente ficou satisfeito, pode ser que ele retire ou complemente a experiência boa recebida. Óbvio que o melhor é sempre tratar bem os clientes.

Então chega o momento de pensar: como efetivamente retiro os resultados negativos do Google? Aqui vão algumas dicas. Tenha uma presença online. Pode parecer óbvio, mas tem pessoas e empresas que nem site tem. A criação de um site garante o posicionamento da empresa. Ter mais de um site também pode ajudar, já que aumenta a presença online da marca.

Identificar os resultados positivos não basta, tem que ajudá-los a aparece. Se tem matérias de jornal com texto negativo, procure matérias com texto positivo para marca. Assim um resultado pode substituir o outro.

Aproveite também as redes sociais. Não espere milagres. O objetivo das redes sociais, basicamente é o relacionamento. Se você simplesmente criar tais canais, não significa que eles irão simplesmente aparecer na primeira página. Aproveite a oportunidade para usar tais canais como Twitter e Facebook para ouvir seus clientes. Com isto você pode evitar repetição ou problemas parecidos no futuro.

No caso de vídeos falando mal da empresa, em resumo, priorize os vídeos com menções positivas. Se não tem um canal no Youtube, crie e faça seus vídeos. Se já tem, divulgue seus vídeos e aumente a relevância deles. Crie vídeos criativos que naturalmente sejam mais vistos pelos visitantes. Como na SERP costumam aparecer no máximo três vídeos por SERP, este é mais fácil de fazer.

Um ponto importante é que este trabalho pode demorar um bom tempo, pois de alguma forma seria o equivalente a otimizar 8 resultados diferentes para passarem um segundo colocado. E levando em conta que criticar é a coisa mais fácil do mundo, é mais fácil conseguir links para conteúdo negativo do que para positivo.

2 Comentários »

  1. Alex

    September 5, 2011 @ 2:07 am

    Muito interessante esta matéria.

  2. maria Fernanda

    December 23, 2011 @ 11:39 am

    muito phod… esse post…obrigada!

TrackBack URI

Comente