Paraquedistas e SEO: o Google lê comentários

Depois que escrevi sobre o novo visual do orkut, fui atacado por paraquedistas. Para quem não sabe, os paraquedistas são as pessoas que procuram um termo em um site de busca como o Google, clicam no link e nem fazem idéia de qual site estão. Algumas vezes eles são conhecidos como salsinhas, acredito que pelo QI de alguns. Eles escrevem em uma língua conhecida como miguxês, muito comum no orkut. É fácil identificá-la, pois as palavras ganham ou perdem letras como a palavra “deixa” perdendo o “i” ou então os verbos sofrem conjugações esquisitas como a palavra “ficou” perdendo a letra “u”. Reticências terminam quase todas as frases, mesmo sem ser para dar a idéia de pausa ou interrupção. Paulo, chega de enrolação, vamos voltar ao assunto.

Normalmente eles não são o público alvo que um site deseja atrair. Eu penso que é melhor uma audiência de qualidade (já tenho) do que uma grande quantidade de acessos. Mesmo assim tem muita gente que se interessa por eles. É comum que os paraquedistas saíam clicando em tudo pelo site, incluindo os anúncios do AdSense. Isto atrai o interesse de pessoas que querem ganhar dinheiro com a internet. Publicam posts com o objetivo de receber estes desavisados visitantes e coletar cliques desqualificados, afinal, estas pessoas não tem o mínimo interesse nos produtos e serviços oferecidos pelos anunciantes de links patrocinados. Ainda falam que fazer isto é SEO, mas isto é uma outra história. Paulo, vamos voltar ao foco?

O que quero alertar é um problema causado pelos paraquedistas que são os comentários que eles deixam. Você pode não dar importância, mas como os comentários fazem parte normalmente da página dos posts, eles tendem a influenciar o que é lido pelos robôs de busca. Já testei diversas vezes buscar por termos que pertenciam a comentários e eles aparecem no Google facilmente. Os miguxos podem até causar dano, pois escrevem muitos erros de português em um idioma difícil de ser entendido o que poderia ser interpretado como um fator de punição no posicionamento. Então o que fazer? Moderar os comentários? Por ética, não acho que devemos apagar os comentários, afinal todos têm direito a comentar desde que não desrespeitem ninguém. Então o que fazer? Bom, relaxe e respeite seus usuários, porém se algum erro de português te incomodar absurdamente, pode corrigir sem pena. E lembre-se: errar é humano.

Dica: se quiser realmente afastar estes comentários, use um plugin Math Comment Spam Protection. Se ele consegue fazer o cálculo, então não é salsinha. 🙂

35 Comentários »

  1. Jorge Tódero

    August 28, 2007 @ 1:08 am

    Tchê olha teu site ta de parabens sou webmaster e a meses venho procurando conteudo sobre o assunto e pareçe que achei meu lugar para me manter informado e trocar ideias.

    Tenho uma duvida nem sei se é aqui que eu deveria postar mas qual a relevancia do nome de um link para a palavra-chave que estamos tentando indexar no no site.

    Exempplo to fazendo um site de conteudo que será uma especie de revista eletronica. vai ter um link que é Filosofia, e é esta uma das palavras pra qual pretendo otimizar o site. porem o nome da sessão é Filosofeiros e a filosofia. Isso prejudica muito poderia fazer o link em texto somente da palavra “filosofia” e “Filosofeiros e a” um gif que redirecione pro mesmo lugar, ou seja a pagina filosofia. o Google entende isso como tentativa de burlar seus robos.

    Bah desculpa mesmo ta te enchendo o saco porem teu site apareceu como um saval-vidas. Se não puder responder eu entendo… mas se puder indicar algum forum bacana tamos ai tambem.

    Valeu abração e sucesso.

  2. Rochester

    August 28, 2007 @ 2:06 am

    Só uma consideração quanto aos termos. Os perigosos nos comentários não sao os paraquedistas (definidos como seres que entram na página e ficam clicando até sair dela) e sim os trolls, daqueles que lêem o título, ou no muito o primeiro parágrafo e já começam a te criticar.

    Mas realmente os miguxos são perigosíssimos nos comentários 😛

  3. cilene

    August 29, 2007 @ 2:04 am

    Concordo com o comentario do Rochester. Tem gente que nem ler o post e ja sai dizendo tudo que vem a mente apenas pelo titulo. Quanto aos paraquedistas tento atrair eles , mas gostei muito do seu enfoque. Eu tento mesclar coisas serias com assuntos para paraquedistas, mas nao sei nada de SEO. vejo muita gente falando disso; eles usam todos os meios para aumentar seus rendimentos, nao sei se etico. Mas o publico brasileiro e muito dificil de agradar..e eles querem mesmo è “sacanagem” de Playboy etc

  4. Ricardo Vaz Monteiro

    August 30, 2007 @ 2:07 pm

    Caro Paulo:

    Teu post está ótimo, vale lembrar que a forma como a pessoa se expressa também demonstra o contexto que a pessoa vive e pensa, portanto o miguxês é falado, ou melhor, escrito, por… miguxos !

    No meu blog eu corto, como diria o Reinaldo Azevedo, o importante é diferenciar o público do privado, o blog é seu, você decide o que vai para o ar ou não. Também não permito comentários anônimos, afinal, o preço da liberdade é a eterna vigilância, concorda?

    Abraços, e parabéns pelo Blog !

  5. Mario Andrade

    August 31, 2007 @ 9:31 am

    Como não encontrei indicação de contacto no blog deixo aqui o comentário.
    Recomendei este blog no meu artigo do blogday 2007, podes ve-lo em muiomuio.net

    Bom blog 🙂
    Mario

  6. Paulo Rodrigo Teixeira

    August 31, 2007 @ 8:15 pm

    Oi Jorge Tódero, obrigado pelo comentário!

    O texto do link influência sim a busca pelo termo. Mesmo que o seu texto não seja exatamente a palavra, os links de outros sites apontando para esta página podem influencia ainda mais a força da palavra-chave.

    Que saudade Rochester! Bom ver o seu comentário!

    Você lembrou bem os “títulos isca”. Isto está ficando cada vez mais comum. Mas não se preocupe que eles perdem peso com o tempo.

    Cilene, obrigado pela sinceridade e você está certa. O povo quer XXX. Internet is for porn. 🙂

    Caríssimo Ricardo. 🙂

    Olha que já vi menina adolescente falando miguxês!!!

    Obrigado Mário!

    Grande abraço a todos,

  7. Felipe Hummel

    September 1, 2007 @ 1:22 am

    Paraquedista é o que há!
    Só fazer post de orkut que chove!
    heheheieah
    To brincando hein!

  8. Wendell Raphael

    September 6, 2007 @ 2:13 pm

    Os paraquedistas são uma outro gênero da espécie homo sapiens.

    Graças a eles e seus comentários, recebo um grande número de visitas vindas do Google com termos como “dicas crime killer”, “musculoso do mundo guinness”, gifs para orkut em espanhol” e “satanas matando deus”…

    Ai ai.

  9. Contos Eróticos

    September 21, 2007 @ 5:22 pm

    Só uma coisa, “muito comum no orkut”
    e nasceu no MIRC, me lembro que o próprio mirc tinha notas rápidas, faltando letras ou sem acento, na época (uns 7 anos atráz, nossa o tempo passa em), tinha contagem de caracteres e não aceitava acentuação) e hoje ainda existe o tal mirc, menos comentado e substituido pelo orkut e msn…
    parabéns pelo blog…

  10. Tahmara

    October 19, 2007 @ 8:06 pm

    Gostei muito da ideia deste site, confesso que nao costumo fazer muitos comentarios, mais diante da criação deste, gostei da ideia.

  11. Hugo

    October 19, 2007 @ 8:07 pm

    Parabens por um site de tamanho conhecimento de criação.

  12. Karina almeida

    October 22, 2007 @ 8:07 pm

    Boa oportunidade e o que estamos precisando para fazermos comentarios,entao obrigado pela ideia para uma criação e crescimento.

  13. Jessica

    November 5, 2007 @ 8:34 pm

    Uma vez no busão uma mulher gorda sentou ao meu lado e começou a conversar com suas amigas , até isso tudo bem más o que mais me imprecionou foi a palavra que ela disse AGENTE NOIS NÃO FOI

    Juro jente mais burra do que ela não tem!!!!

  14. Nagüeva » Blog Archive » Prejuízos de um blog desatualizado

    November 23, 2007 @ 10:54 pm

    […] amigos dizem isso, quem dirá os pára-quedistas. A cada atualização, as chances de indexação por sistemas de busca aumentam. Parar por quê? Se […]

  15. André

    November 27, 2007 @ 2:46 am

    “…afinal todos tem direito a comentar…”

    O correto seria “…afinal todos TÊM direito a comentar…”

    Abraços.

  16. Paulo Rodrigo Teixeira

    November 30, 2007 @ 12:13 pm

    Bem comentado André. Corrigido.

    Um amigo já tinha comentado isto comigo e acabei nem corrigindo.

    Ainda bem que você apareceu.

    Um grande abraço,

  17. Letras de musicas

    December 1, 2007 @ 12:01 am

    Muito bom o post 🙂

  18. byte

    December 12, 2007 @ 2:31 pm

    puxa gostei dessa materia, e seu blog ta massa… ^_^
    tudo que vc falou fas sentido, as pessoas realmente naum leem o conteudo, apenas o assunto e ja saem escrevendo, e o pior o portuga todo errado.
    so naum entendi esse negocio de miguxo?
    []s

  19. Ruben Zevallos Jr.

    June 4, 2008 @ 7:57 am

    Essa linguagem da “Internet” me assombra desde de 1994/95, quando o IRC tomava conta (será que ainda toma?) e o povo tinha o hábito de escrever aberrações como naum, eh, vc entre outras… nas minhas empresas eu corto logo pela raíz… começou a escrever assim eu já vou pedindo tradução e explico… esses pequenos vícios de brincadeira acabam virando coisa comum que irão atrapalhar a sua vida profissional futura… imagine você escrever uma carta pedindo um emprego cheio dessas gírias?

    Agora sobre o paraquedismo, o meu antigo Blog tinha esse problema… eu gostava de escrever pelo menos 1 post por dia e apareciam de tudo que é tipo de gente… e com isso sempre geravam problemas com a minha namorada… a soluçõa foi desativar o sistema de comentários… que nos finalmente ela (a namorada), exigiu para voltar…

    No seu e outros Blogs, sempre procuro ler todo o texto, bem como os comentários para saber se é pertinente escrever algum comentário…

    E comento o que um colega escreveu antes…
    Como fazer para contactar contigo?

  20. Tiago Dória Weblog » Blog Archive » Busca é com McCain; Rede social é com Obama

    August 29, 2008 @ 1:13 pm

    […] Um videozinho para pegar os “paraquedistas“ […]

  21. Spam em comentários não é uma boa idéia | Marketing de Busca

    September 4, 2008 @ 10:14 am

    […] Por mais obvio que seja, a parte de comentários serve para que os leitores possam comentar o texto que leram e ter a oportunidade de participar do assunto. Infelizmente, muita gente comenta em blogs com o intuito de fazer SEO para seus sites. Comentário é uma oportunidade de troca, um conversa rápida (é normalmente muito boa). De qualquer maneira, já escrevi sobre o impacto dos comentários para SEO. […]

  22. Cescapi

    September 10, 2008 @ 3:32 pm

    Tenho um site que é o recanto dos paraquedistas praticamente 100% dos comentários vem em mixugues.

    Realmente incrivel, eles são bom em clicar nos links pagos e nas publicidades. Atualmente é o site em que mais ganho!

    Abraços”

  23. Ganhe dinheiro com notícias de celebridades e hypes, use estratégias de SEO ! | Rede Banner

    September 19, 2008 @ 12:00 am

    […] A maioria dos visitantes vem dos mecanismos de busca conhecidos como paraquedistas, que também clicam bastante nos […]

  24. Cãofusão

    October 2, 2008 @ 11:06 pm

    Hehehe… acabei de ler outro artigo seu (sobre SPAM nos comentários) e, logo aí acima do meu comentário, aparece mais um… e bem deslavado, por sinal.

    Ser blogueiro (também) é…
    …ter muita paciência com os “spamulentos”. 🙂

    Parabéns por este artigo também!
    Confesso que “paraquedei” aqui, mas vou dobrar meu paraquedas e por aqui ficar, já que tem muito outros artigos que já vi que me interessarão.

    c-ã-o.

  25. OBLOGO.ORG: oportunismo sempre! - Maikel Neris - guru Wordpress (título auto proclamado)

    October 11, 2008 @ 11:28 pm

    […] momento (e de negritos nas palavras-chaves), no afã de angariar cliques no adsense dos disputados paraquedistas da […]

  26. luis

    November 1, 2008 @ 2:43 pm

    um tempinho corrigindo esses detalhes serão recompensados

  27. Quer aprender? Crie um blog. - Blog do Tossulino | tossulino.com - Tecnologia, CRM, e-mail Marketing, Drupal, opiniões e críticas diversas

    February 10, 2009 @ 11:08 pm

    […] deste blog fiz por várias vezes posts fáceis e rápidos. Postava por postar. Postava para atrair paraquedistas e talvez estes posts sejam os mais acessados através do Google, mas trazem ao meu blog muitas […]

  28. Etevaldo

    August 30, 2009 @ 1:23 am

    Rapaz! Vou te contar que ando sofrendo com os paraquedistas, ou salsichas, como tu queira, hehe, mas não pelos comentários, porque os que caem no blog querem apenas ver fotos e clicar em tudo que é lugar. Nem ao menos para dar bom dia ou boa noite! Mas vamos ao que interessa.

    Queria saber porque raio eu escrevo um texto, apenas um texto, contendo as palavras video-americano-porno, e daí quando menos espero, aparece no Google meu pobre blog, que de porno tem só a mente do editor, na primeira página?

    Me diz se isso também não seria um problema para o Google associar meu blog com material impróprio para menores?

    Tenho perdido o sono com isso, porém não posso mudar um texto só porque as palavras que usarei poderão estragar tudo, entende?

    O que posso fazer?

  29. Celso

    September 2, 2009 @ 7:28 pm

    Olá, sempre tive um dúvida com relação aos comentários e acho que pode me ajudar. Acredito que não seja recomendável uma mesma palavra-chave aparecer várias vezes numa mesma página e quanto mais texto existir na página, maior a aceitação para que esta palavra-chave se repita. Com base nisto estou preocupado nos comentários que recebo, os comentários são pequenos e geralmente cita uma palavra-chave já citada tanto no título quanto no post em si.

    Já que citou o Orkut aproveito para incluir no meu exemplo… em um post sobre o Orkut certamente a maioria dos comentários será pequeno e quase sempre citará a palavra “Orkut”, assim em um post com vários comentários a palavra-chave “Orkut” será citada várias vezes e com relação a quantidade de texto ficará algo desproporcional. Isto poderá prejudicar a classificação da página ou do site na classificação do Google? Qual seria a melhor atitude? Bloquear os comentários?

    Obrigado desde já e aguardo resposta.

  30. Taïs

    October 13, 2009 @ 1:26 pm

    “É comum que os paraquedistas saíam clicando em tudo pelo site…”

    não tem acento em “saiam”.

    mistura de pronomes: “Bom, relaxe e respeite seus usuários, porém se algum erro de português ‘TE’ incomodar absurdamente”

    Estou corrigindo só porque neste post pega mal… (e usar reticências como recurso para criar um subentendido também é um uso válido).

  31. O que escrever no primeiro post de um blog? | fellipe.com

    September 11, 2010 @ 4:18 am

    […] e já começar um blog com um título desse? Alguns já podem falar que é armadilha para caçar usuários pára-quedistas. Mas começar um blog com um post de uma linha é algo desestimulante. Sendo assim, o que julgo […]

  32. Ramon Duzzioni

    November 7, 2010 @ 2:47 pm

    Muito bom o texto, vou estar sempre aconpanhando o blog!

  33. Nayara

    June 4, 2013 @ 8:37 pm

    Paulo! Faço das minhas as suas palavras…

    Realmente, chega até a ser triste algumas pessoas comentando… É logo perceptível a dificuldade na escrita, são erros tão absurdos que apavora em pensar que o Google poderá ‘ler’ o comentário e fixar como sendo conteúdo válido da página…

    Isso em termos de SEO chega a ser doloroso, rs. Eu pratico a seguinte política de comentários no meu blog:

    Faço a moderação, procuro sempre aceitar os comentários sim, por ética e como você disse, há o direito ao comentário rs.

    Mas, erros gritantes me deixam nervosa, eu tenho que clicar no “edit” para corrigir. E sendo paraquedistas ou não, eu corrijo, até em respeito e agregação de valor a eles mesmos… 🙂

    Adoro seu blog, sempre abordando assuntos relevantes e com pitadas de bom humor!

  34. Marco

    August 15, 2013 @ 9:39 pm

    bacana, gostei bastante

  35. Paraquedistas e SEO: o Google lê comentários | Conceber Digital - Desenvolvimento Sites - Santa Luzia e grande BH/MG

    December 1, 2013 @ 10:41 am

    […] Fonte:Marketing de Busca » Palavras-chave […]

TrackBack URI

Comente