Critica ao Google Webmasters

Hoje li a notícia que o Thomas Claburn da Information Week publicou um artigo com o título “Is Google’s Spam Fight a Sham?“. Achei o título mal educado e exagerado, mas o conteúdo era válido. O Matt comentou o artigo em seu blog. O assunto eram as startpages que são mais ou menos com uma lista de links para uma navegação inicial. Thomas compara a startpage com a doorway page. Realmente se for olhar do ponto de vista “técnico” é a mesma coisa. A diferença é que um é feito para pessoas e a outra para robôs. Repito que o Thomas foi mal educado, mas o que ele reflete tem sentido. O artigo do Google Webmasters que gerou a polêmica só indica como melhorar as startpages e não entra no mérito do que é errado. Senti falta por exemplo de obsercações como o limite de 100 links por página, já que as startpages que vi tem muito mais de 100 páginas.

Claro que para o Brasil isso não deve preocupar tanto já que as startpages são raras por aqui. Elas são comuns na Holanda. Já as promoções em troca de links, comuns no Brasil, é que tem me deixado com uma pulga atrá da orelha. Será que o Matt vai comentar isto um dia? Minha visão pessoal, que não me crucufiquem, é que os robôs de busca não ligam muito para isto, mas o pessoal do Google Webmaster pode ligar a mesma chave mágica que é usada para diferenciar startpages e doorway pages. Na dúvida, um pé atrás.

1 Comentário »

  1. nao identificado

    November 9, 2007 @ 10:35 am

    olha o google uma catastrofe
    bem a gente digita alguma coisa e cai em outra diferente nunca cai na pergunta que se digita, bem especificada
    e um custo para achar as coisas
    e isso que acho

TrackBack URI

Comente